Ultra Fiord, dicas do organizador.

Assisti a toda entrevista que o organizador da Ultra Fiord, Stjepan Pavicic deu ao site trailchile.cl e anotei as partes que considerei mais importantes e interessantes sobre a corrida e a Patagônia chilena na época da prova.

Já fui ao sul do Chile 2x uma para correr a Patagonian International Marathon em 2013 e em 2014 na Ultra Trail Torres del Paine, sempre no fim de setembro quando vem chegando a primavera, mas ainda com a cara do inverno. Desta vez a primeira edição da Ultra Fiord nos brindará com as cores do outono nos bosques que será algo totalmente diferente do que vi das outras vezes, árvores com tons amarelo e vermelho. Abril predominantemente é a época de céu mais aberto, menos vento que no verão e relativamente seco. Poderemos enfrentar temperaturas negativas ao amanhecer e nas partes altas do percurso, por isso uma boa estratégia de onde deixar as roupas pode ser determinante para continuar na prova.

Corredores dos 167km chegarão a Hosteria Balmaceda com 90km, por volta das 7 da manhã até aí sem grandes variações de altitude, mas é o ponto onde começa a grande montanha do percurso. Já os corredores dos 70km pegarão as partes mais duras do trajeto.

Stjepan disse que se você fizer uma estimativa de tempo com base na sua experiência, e observando a altimetria certamente vai demorar mais do que imagina. A altimetria não assusta, mas o terreno em certas partes é bem custoso.

O vídeo teve mais de 9mil visualizações nas primeiras 24hs de lançamento. A página da prova teve mais de 20mil curtidas no fb, vindas de mais de 40 países sendo os 10 principais, Chile, Argentina, Brasil, EUA, Equador, Espanha, Canadá, México, Reino Unido e Uruguai.

Serão cerca de 200 a 250 atletas nas 4 distâncias, ou seja, prova muito selvagem.

Nos 30km a altimetria não diz muita coisa, mas o terreno sim, e acredita que seria um bom desafio se o primeiro colocado tentasse fazer em menos de 3hs.

Boa parte do 1º vídeo (acima) é do percurso dos 30km, onde todos passarão.

Diferentemente de outras corridas, poderemos pegar e deixar os bastões nos postos de apoio. Normalmente ou você larga com ele ou não poderá usar.

Quem vai para os 100km e 70km pode ir com pouco equipamento durante os primeiros 30km por ainda ser baixo, a partir daí chega a montanha.

4 dicas importantes do Stjepan que fecharam a entrevista.

  1. Reavaliar a distância e se estiver na dúvida, que mude para uma menor. Para ter uma corrida mais segura possível.
  2. Escolher o equipamento, levar umas gramas a mais pode fazer muita diferença durante o percurso com relação a conforto e segurança.
  3. Revisar os vídeos e fotos para se dar conta do que encontrará pela frente para planejar alimentação, equipamentos etc…
  4. Ter uma estratégia de corrida, o que levar, em que bolso colocar, o que comer etc…
  • Fonte: www.trailchile.cl
  • http://www.trailchile.cl/el-late-del-trail-especial-de-ultra-fiord/

Falta só um mês para a largada e a ansiedade começa a aumentar. Clique e veja os vídeos e textos da prova.

Aguarde próximos textos interessantes sobre a Ultra Fiord.

Enzo Amato

Uma ideia sobre “Ultra Fiord, dicas do organizador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>