Ultra Fiord, vídeo e dicas para enfrentá-la.

Foi a prova mais insana que já fiz, por isso fiz questão de saber a opinião de corredores mais experientes, e eles também consideraram a Ultra Fiord bem difícil. Assim sendo todo cuidado é pouco, e necessário.

Se eu tivesse que resumir em um palavra seria, garanta-se! A primeira edição pegou muita gente desprevenida sobre a real dificuldade do percurso, e deixou mais de 40% dos inscritos nas 3 maiores distâncias sem medalha de finisher.

Tenha comida extra, roupa extra, meias, pilhas para lanterna, outro tênis e um kit de primeiros socorros. Assim você “só” precisará se preocupar em cumprir a distância sem passar apuro por causa do equipamento.

Junto com o vídeo aproveito para deixar algumas orientações para quem pretende ir ano que vem.

  • Escolha uma distância que já tenha feito, essa não é a prova para experimentar distância nova.
  • Leve outro tênis para trocar num dos pontos de apoio, os últimos 44km antes de Puerto Natales são por estrada de terra e é melhor estar com tênis e meias limpas e confortáveis.
  • Deixe um par de meias reserva em cada drop bag. Acredite, isso não é perda de tempo, nem frescura. A prova destrói seus pés aos poucos.
  • Os pontos de apoio estão longe uns dos outros, por isso tenha comida extra e um bom kit de primeiros socorros na mochila.
  • Pilhas reserva, mais de uma troca e outra lanterna com mais pilhas no drop bag. São 13 horas de escuro por dia. Lembre, garanta-se!
  • Bastões de trekking para o trecho de montanha, um ou dois.

A parte da neve foi espetacular e não foi preciso nenhum outro equipamento específico. É mais escorregadia que o barro, só isso.

Assista aos vídeos, leia atentamente o site da prova e outras crônicas para poder se preparar e separar os equipamentos corretos. Mais detalhes na minha crônica.

É uma longa jornada no mágico mundo dos fiordes.

Enzo Amato

12 ideias sobre “Ultra Fiord, vídeo e dicas para enfrentá-la.

  1. Olá Enzo,
    Eu li o seu cronica e também viu o belo vídeo. Parabéns pela sua carreira.
    Vou correr 100K en Abril e quer saber se e possível deixar os bastões no Drop Bag de Balmaceda (km30) e deixá-los logo em Perales (km70)
    Muito obrigado por seu conselho
    Abraço

  2. Parabens Enzo,

    Voce é um atleta que orgulha ao Brasil
    É um sonho pra mim viver uma prova dessa.
    Quais são os equipamentos que você usou ou recomendaria pra uma prova de 42km, vou fazer a Patagônia Run pela primeira vez.
    Abraço

    • Iracildo, obrigado.
      Cada prova tem suas características particulares de terreno, clima, de acordo com a distância etc… Eu sempre vejo no site da prova o que eles recomendam de equipamentos obrigatórios e equipamentos sugeridos e vou precavido. Certifique-se de ter equipamentos corretos para não passar frio. Qualquer detalhe pode te tirar da prova e acabar aumentando o risco de algo grave acontecer.
      Faça isso bem antes da prova assim você diminui o stress antes da viagem.
      Boa prova, abraço.

  3. Olá Enzo,

    Corri a ultra de Torres del Paine este ano de 2015 e fomos é claro no mesmo ônibus para o local da largada. Cheguei a cumprimentá-lo dentro do ônibus, logo na entrada dele, depois disso só o vi na altura do km 20 quando vc passou por mim. Quero dizer que suas informações me ajudaram a completar a prova, mesmo tendo fortíssimas cãibras em toda a parte das pernas,coisa que jamais havia sentido. Nos meus treinos no Rio de Janeiro, onde moro, vinha treinando muito bem 30 a 40 km tranquilamente sem qualquer dor, mas lá eu acho que senti muito o frio nas pernas somado com uma alimentação não adequada, mas terminei e trouxe a medalha prometida para o meu filhote Lorenzo de 1ano e 6 meses. Quero agradecer pelas dicas que você forneceu e fornece em seu blog, foram importantes para que eu tivesse força mental para terminar. Pretendo voltar melhor preparado e correr tb a ultra Fiord e a Vulcano. Espero consultar o seu blog novamente. Parabéns por terminar a Fiord, mostrou que tem muita força mental. Grande abraço!

    • Olá Sergio.
      Que legal sua história, exigiu muita força mesmo para superar uma situação a qual não estava acostumado. Que bom que pude contribuir um pouco com isso. Qualquer dúvida que tiver com relação as outras corridas é só avisar, são igualmente maravilhosas e desafiadoras. Nesses lugares dá vontade de levar a família toda para mostrar como é bonito.
      Abraço.

  4. Obrigado pelas dicas. Corri os 70km da Patagonia Run este ano e estou inscrito para os 70km da Ultra Fiord de 2016. Apesar da mesma distancia, me parece uma prova muito mais técnica e dura.

    Abraços

    • Alexandre, toda prova de montanha é única e tem suas características mais marcantes que servem como referência. A Ultra Fiord é um desafio extremo que não pode ser medida pela distância, existem muitos outros desafios dentro dela, espero que faça bons treinos e que tenha em mente que vai demorar bem mais que qualquer outra prova de 70km que já tenha feito. Eu cheguei na marca de 70km com 19 horas de prova e fiquei ao ponto de desistir em alguns momentos.
      Não economize no kit de primeiros socorros, nas baterias reservas da lanterna e troque de meias e tênis no ponto de apoio.
      Grande abraço e espero notícias suas depois da prova.

  5. Olá professor Amato !!!
    Admiro muito as suas histórias de superação e com certeza motivam várias pessoas a desafiarem os seus limites com prudência.
    Tenho interesse em fazer 30k na ultra fiord em 2016 e gostaria de saber se poderia me informar algumas dicas, já li vários depoimentos de vários atletas sobre a prova, mas não consegui a opinião de ninguém sobre os 30K.
    Grato

    • Mário, obrigado.
      Não sei se você viu o vídeo que fiz da prova. (está no blog) Os primeiros 30km é o mesmo percurso que você pretende fazer. Muita lama em single tracks, bosques, pés molhados e não muito sobe e desce, mas um percurso difícil de avançar. Cheguei nesse ponto com mais de 5 horas de prova e estava correndo bem.
      Passei muito frio por bobeira minha, deixei uma garoa fina me molhar, mas tinha as roupas certas na mochila e consegui remediar.
      É um belo desafio!
      Se tiver mais perguntas é só escrever.
      Abraço.

  6. Parabéns! Foi um feito extraordinário, digno de um guerreiro.
    Seu blog é muito bem feito, com conteúdo realmente interessante para corredores de todas as categorias.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>